07/06/2021

Semana no Meio Ambiente | Muito mais que lixo

Até o dia 9 de junho comemora-se a Semana do Meio Ambiente. São dias de darmos destaque para a urgência de restaurarmos nosso meio ambiente. De cuidarmos melhor da natureza do planeta e de lembrarmos como é importante mudarmos a forma como fazemos as coisas.

Em nossos projetos de loteamentos, temos sempre um olhar atento ao meio ambiente. À fauna, flora e infraestrutura completa para as pessoas e para a natureza. Mas são é somente nos loteamentos que prestamos atenção nisso, no dia a dia algumas atitudes fazem a diferença, ainda mais se todos passarmos a dar mais atenção ao assunto.

E foi nosso dia a dia que virou case de uma matéria divulgada pelo Jornal O Florense alusiva à Semana do Meio Ambiente. É a doação mensal de resíduos recicláveis para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Flores da Cunha.

Leia abaixo um trecho da matéria e acesse o site do jornal para ler o material completo.

Equipe engajada
Há um ano e meio o projeto da Apae conta com uma contribuição importante: a da Olimóveis Urbanismo, que desde o final de 2019 coleta os materiais de seus colaboradores e entrega à entidade. “Fizemos uma limpeza no escritório e recolhemos papeis para reciclagem. Chegando lá, descobrimos que eles coletam também outros materiais. Voltei para a empresa e surgiu a ideia de coletar com todos os colegas”, conta a engenheira ambiental, Indianara Donazzolo.

Para tirar a ideia do papel, Indianara distribuiu sacolas, entregou folders e explicou como realizar a coleta para toda a equipe. Desde então, a cada 30 dias, ela recolhe os materiais trazidos, organiza em sacos maiores e os leva até a Apae. No mês seguinte, os cestinhos são novamente preenchidos e, posteriormente, encaminhados à entidade.

“O pessoal é bem amigo, bem parceiro nessa mobilização. Tenho colegas que não só coletam o lixo da própria casa, mas do prédio inteiro. Eu fico muito feliz, muito entusiasmada”, diz a engenheira, que a cada mês manda uma mensagem de WhatsApp para os colegas, avisando-os do dia de recolhimento.

Segundo Indianara, essa é só uma das atitudes que mostram a preocupação da empresa com a saúde do planeta: “Nós temos que cumprir as legislações ambientais e cumprimos sempre, até além. De uma forma interna, a ideia é fazer mais do que a legislação exige. Para o bem da empresa, para o bem do meio ambiente, para a conscientização das pessoas”, valoriza.

De fato, não é só o planeta que ganha – ações como essa também trazem a satisfação de ter feito sua parte na luta por um ambiente mais saudável: “O trabalho voluntário é bem cativante, quando tenho oportunidade, estou sempre ajudando. Ele te dá aquela esperança que tu podes tornar o mundo melhor”, encerra Indianara.

Compartilhar: